sexta-feira, 30 de abril de 2010

Um breve currículo

Breve mesmo, ele não fala sobre o que eu faço, fiz, deixei de fazer, mas sobre o que eu penso sobre isso. Não teria mesmo feito um currículo tão cedo, mas existe um site chamado "http://www.mesadoeditor.com.br/index.php" e eu cadastrei um livro nele, porque eu acho que não custa tentar vários meios para os seus objetivos. Como lá eles me pedem um currículo, mesmo que seja algo opcional, eu resolvi fazer. Na falta do que postar e por admiradores secretos do texto, aqui está ele.

~~

Dizer que livros sempre estiveram presentes em minha vida não faz sentido: eles estão na vida de todos, de um jeito ou de outro. Entretanto, dizer que eu sempre procurei a leitura e sempre recorri a minha imaginação, sim, faz sentido e é verdade. Sempre me relacionei razoavelmente bem com o Português. Sempre adorei aulas de Literatura. E sempre consegui boas redações, prêmios em pequenas “Olimpíadas de Ortografia” na escola – sei escrever mais por causa de leitura do que por estudo -, e, claro, sempre fui ótima em me perder no meio dos afazeres com histórias e fantasias da minha cabeça.
Com dezesseis anos, é um tanto quanto difícil imaginar que possa ter algo publicado, ou até que possa vir a ter. Não escrevi nem imaginei minhas histórias para que elas fossem a público, se tornassem modinha entre os jovens que adoram coisas mastigadas e sem profundidade alguma, e muito menos para que elas me trouxessem um dinheiro que talvez eu nem sequer mereça. Algumas pessoas podem achar que sim, mas não.
Gosto de escrever, meus livros não são tão bons a ponto de poder entrar no gênero de Literatura, mas eles não são coisa qualquer. Meu amor por escrever não é, também.
Projeto histórias porque é o que eu amo fazer. Desenho e construo personagens porque é o que gosto e sinto que nasci para; e, tendo em mente o quanto uma publicação pode fazer meu nome como autora evoluir, a ponto de eu viver disso, concluí não custa tentar algo, mesmo. Eu
quero ser escritora. Eu tenho minhas idéias, e o único livro pronto que se encontra neste site ainda precisa de muita edição – sou uma perfeccionista sobre as coisas que amo. Mas eu sei o que quero e sei que ainda tenho muito a aprender, mas que posso viver do que eu realmente gosto e faço com o tão desejado brilho nos olhos.
Alguns dizem que é impossível.
Mas a mim, parece até que é bem plausível.

2 comentários:

Steph S. R. disse...

Realmente gostei do seu currículo. Realmente, realmente, hehe. Dá pra ver muito bem seu amor a escrita aí, e como você escreve bem, bem mesmo.

Love you, <3

Mariana Piagentini disse...

ownt, gibs *-*

Postar um comentário

 
Blog Template by Delicious Design Studio