segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Ser ou infinito?

Existem dias onde eu sei bem quem sou. Depois eu leio uma coisa, observo outra, reorganizo fatos e memórias. E quando vejo já sou outra, melhorzinha. E vai indo. Mas daí eu percebi que não rola ser algo, e ponto, fim. Você não pode ser algo, apenas.

Você infinito algo.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blog Template by Delicious Design Studio